- Alecrim.
"When I was a girl, my life was music that was always getting louder."

[Jonathan Safran Foer]
next →
21st Jul 14 • 651 notes • Reblog
hellanne:

by Lina Scheynius
21st Jul 14 • 542 notes • Reblog
hellanne:

by Luke Byrne
21st Jul 14 • 6,616 notes • Reblog
21st Jul 14 • 5,317 notes • Reblog
21st Jul 14 • 10,592 notes • Reblog
21st Jul 14 • 18,433 notes • Reblog
21st Jul 14 • 45,885 notes • Reblog
21st Jul 14 • 1,722 notes • Reblog
poboh:

Figura Afligida, Eduardo Kingman. Ecuadorian (1913 - 1998)
21st Jul 14 • 478 notes • Reblog
21st Jul 14 • 40,560 notes • Reblog
21st Jul 14 • 347 notes • Reblog
fiebre:

by Mercedes Esquivel
21st Jul 14 • 526,909 notes • Reblog
21st Jul 14 • 81 notes • Reblog
20th Jul 14 • 12,393 notes • Reblog
First Day Of My Life by Bright Eyes
41,661 plays
20th Jul 14 • 1 note • Reblog
"Eu sinto uma terrível tristeza, uma vontade de não partir. Promessas de imortalidade da alma não me consolam. Sou um ser deste mundo. Meu corpo precisa dos cheiros, das cores, dos gostos, dos sons, das carícias… Poderia, por acaso, haver um caqui espiritual, ou um mar que não fosse água? Lembro-me da Cecília Meireles: “Pergunto se este mundo existe, e se, depois que se navega, a algum lugar enfim se chega… O que será, talvez, mais triste. Nem barca, nem gaivota: somente sobre-humanas companhias…”. Não, não quero partir. Meu corpo pertence a este mundo."
— "Cecília Meireles", de Rubem Alves, em "Ostra feliz não faz pérola", página 261. (via ingasl)